Administrando o Luto com um Deus que chora conosco – Joice Silveira Netto #15

Episode of: Projeto do Coração

< Back to Projeto do Coração
May 31, 201854m
16
Administrando o Luto com um Deus que chora conosco – Joice Silveira Netto #15
May 31 '1854m
Play Episode

Luto Materno Desde o momento em que vemos o sinal de positivo no teste de farmácia, ou no exame de sangue, já começamos a imaginar o nosso bebê. Já começamos a sonhar, imaginar a carinha, adivinhar o sexo, pensar em nomes... aquele bebê já é filho(a). Mas e quando aquele sinal de positivo não resulta em um bebê nos nossos braços? E quando nós nos vemos do lado indesejado das estatísticas, que apontam que 1 em cada 5 gravidezes (aproximadamente) terminam em um aborto espontâneo? Eu e o Thiago perdemos um bebê 6 anos atrás, e ainda sinto falta daquele bebê. Hoje a entrevista é com a Joice Silveira Netto. Ela perdeu o filho dela (o Joaquim) no sétimo mês de gestação. A Joice fala sobre a perda (5 anos atrás), sobre o luto, e sobre como Deus esteve ao lado dela em meio a uma dor inimaginável. Se você já passou ou está passando por um momento de perda na sua vida, acredito que a história da Joice possa te ajudar a não se sentir sozinha. Se você conhece alguém que passou ou esteja passando pelo luto, por favor passe a história da Joice adiante. Ela fala com muita honestidade e sabedoria. Mesmo que você não tenha passado por isso, escute até o final, para que você possa aprender a amar e apoiar alguém que esteja nesse momento de luto. Sei que esse tema é mais pesado que o normal, mas quero que esse projeto aborde temas que não ganham muita atenção. Quero trazer à luz assuntos como este, que ficam na escuridão pelo simples fato que ninguém sabe o que dizer. Escute o que a Joice tem a dizer... ela tem autoridade experiencial e bíblica para falar sobre uma dor que muitas vezes é ignorada porque nos deixa inconfortáveis e amedrontados. Sobre o que conversamos? A Joice fala sobre o desejo de achar alguém para culpar. Primeiramente ela se culpou pela perda do filho, depois culpou a médica, o marido, e Deus. Ela fala sobre as diferenças entre como ela e o marido sentiram a perda do filho, e o estresse que isso teve no casamento deles. Falamos sobre alguma coisas que pessoas (muitas vezes bem-intencionadas) dizem nessas circunstâncias, que ao invés de consolarem, ferem. Hoje (5 anos depois) ela tem um casamento forte, está novamente envolvida na igreja e tiveram um outro filho. A Joice fala sobre como foi essa jornada de cura e recuperação no coração e na família dela. Uma coisa que não foi falado, mas que a Joice pediu que eu incluísse é a importância de um acompanhamento com profissionais (de saúde e saúde mental). Ela teve o acompanhamento de psicólogos durante os dias no hospital, e o acompanhamento bem próximo de sua médica. Não passe por esses momentos sozinha. Amigos e familiares são essenciais, mas muitas vezes é necessário ter um profissional na nossa "equipe de recuperação". Não hesite em pedir ajuda de psicólogos e outros profissionais. Pedir ajuda é sinal de força, e não de fraqueza. Recursos Mencionados Versículos Mencionados: "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo". João 16:33 Os dias do homem estão determinados; tu decretaste o número de seus meses e estabeleceste limites que ele não pode ultrapassar. Jó 14:5 Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir. Salmos 139:16   Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar, Eclesiastes 3:1-2,4   Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram. Jó 42:5   Torno a trazer isso à mente, portanto tenho esperança. Lamentações 3:21     A Joice citou duas músicas também. Aqui estão elas: Deus é Deus, de Delino Marçal Bem Maior de Adhemar de Campos   O livro recomendado por ela foi "Decepcionado com Deus" do autor Philip Yancey....

0:00 / 0:00